800 mil apostadores movimentaram € 122,5 milhões em 2017

Apostadores: quem somos (2017)

Os jogos e apos­tas online ger­aram 122,5 mil­hões de euros em 2017, ano em que estavam reg­is­ta­dos 800 mil jogadores nos ‘sites’ em Por­tu­gal, segun­do um relatório do Serviço de Reg­u­lação e Inspeção de Jogos (SRIJ).

Mais de metade dos jogadores reg­is­ta­dos resi­dem nos dis­tri­tos do Por­to (22%), de Lis­boa (19,5%) e de Bra­ga (9,7%)

O relatório “Ativi­dade do jogo online em Por­tu­gal”, rel­a­ti­vo ao quar­to trimestre de 2017, rev­ela tam­bém que, em 31 de dezem­bro de 2017, encon­travam-se autoex­cluí­dos da práti­ca de jogos e apos­tas online 17,6 mil jogadores, mais 4,6 mil com­par­a­ti­va­mente ao final do ter­ceiro trimestre.

Os jogadores autoex­cluí­dos rep­re­sen­tavam cer­ca de 2,2% dos jogadores reg­is­ta­dos nas sete enti­dades explo­rado­ras legal­izadas, mais 0,2 p.p. face ao trimestre ante­ri­or.

Por out­ro lado, no mes­mo perío­do, deixaram de estar autoex­cluí­dos 1,9 mil jogadores (eram 2,5 mil no 3º trimestre), ref­ere o relatório pub­li­ca­do no ‘site’ do SRIJ.

No ano pas­sa­do, a ativi­dade de jogos e apos­tas online ger­ou cer­ca de 122,5 mil­hões de euros de recei­ta bru­ta, sendo que no últi­mo trimestre a recei­ta bru­ta atingiu o val­or de 36,5 mil­hões de euros, mais 7,2 mil­hões face ao trimestre ante­ri­or, rep­re­sen­tan­do um cresci­men­to de quase 25%.

Rel­a­ti­va­mente às apos­tas desporti­vas à cota, em que o jogador apos­ta con­tra a enti­dade explo­rado­ra, o relatório rev­ela que reg­is­taram, em 2017, um val­or glob­al de cer­ca de 68,1 mil­hões de euros.

No últi­mo trimestre, a recei­ta bru­ta atingiu os 20,5 mil­hões de euros, o val­or mais ele­va­do do ano, mais 26% face ao trimestre ante­ri­or (mais 4,2 mil­hões de euros).

Os dados rev­e­lam que o fute­bol é a modal­i­dade desporti­va preferi­da dos por­tugue­ses, reunin­do 76,6% do total de apos­tas desporti­vas no ano pas­sa­do, segui­do do ténis (12,4%) e do bas­quete­bol (8,5%).

Quan­to ao val­or da recei­ta bru­ta obti­da pelas enti­dades explo­rado­ras, o SRIJ rev­ela que atingiu os 54,4 mil­hões de euros em 2017.

No últi­mo trimestre, reg­is­tou-se o val­or mais ele­va­do, 16 mil­hões de euros, mais 23% com­par­a­ti­va­mente ao trimestre ante­ri­or (cer­ca de mais três mil­hões de euros).

As apos­tas em jogos de máquinas reg­is­taram “uma pre­dom­inân­cia” rel­a­ti­va­mente a apos­tas noutros tipos de jogos online, rep­re­sen­tan­do mais de 45% do total das apos­tas, um aumen­to em cer­ca de 3 p.p. face ao final do trimestre ante­ri­or.

O relatório rev­ela ain­da que, em 2017, se encon­travam reg­is­ta­dos nos ‘sites’ de jogos online 800 mil jogadores, sendo que no quar­to trimestre foram obser­va­dos 132,3 mil novos reg­is­tos, mais 50 mil do que no trimestre ante­ri­or.

Em 31 de dezem­bro, os jogadores com idades entre os 25 e 44 anos rep­re­sen­tavam 61,3% do total, man­ten­do-se como pre­dom­i­nante o grupo dos 25 aos 34 anos (39,3%), segui­dos dos apos­ta­dores com idades entre os 18 e os 24 anos (27,8%).

Mais de metade dos jogadores reg­is­ta­dos resi­dem nos dis­tri­tos do Por­to (22%), de Lis­boa (19,5%) e de Bra­ga (9,7%).

A explo­ração e a práti­ca dos jogos e apos­tas ‘online’ foi legal­iza­da em Por­tu­gal em 28 jun­ho de 2015, ten­do a primeira licença sido emi­ti­da a 25 de maio de 2016.

*arti­go pub­li­ca­do no Diário de Notí­cias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here