Início Apostas Quanto é que os apostadores portugueses gastaram no ano passado?

Quanto é que os apostadores portugueses gastaram no ano passado?

O investimento em apostas desportivas superou 3 mil milhões em apostas em 2019.

221
0

Pela primeira vez, o volume total de apostas nas plataformas de jogo portuguesas superou os três mil milhões de euros. . A recuperação económica vem permitindo que diversos indicadores mostrem sinais de melhoria e crescimento. É também o caso dos divertimentos, como o jogo online, que teve em 2019 o seu melhor ano de sempre (desde o início da fase de jogo da internet regulado e legalizado, em 2015). Pela primeira vez, o volume total de apostas nas plataformas de jogo portuguesas superou os três mil milhões de euros.

Os valores foram divulgados no início do ano pelo próprio SRIJ (Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos), entidade responsável pela supervisão e regulação do setor.

A lei do jogo online compreende licenças para plataformas de apostas desportivas e jogos de casino. Alguns dos sites e portais a funcionar em Portugal pertencem aos antigos e históricos grupos empresariais que também operam os casinos “físicos” ou tradicionais.

Outros pertencem a empresas internacionais que cumpriram os requisitos do SRIJ para operar no nosso país. Alguns dedicam-se exclusivamente a jogos de casino e outros também abarcam as apostas desportivas.

Apostas desportivas

Os sites de apostas desportivas em Portugal vão muito além do futebol. E se sites como o https://apostasbrazil.com.br/ apresentam imensas recomendações de plataformas em português, isso é porque no Brasil o jogo online ainda não é regulado. Em Portugal, pelo contrário, só as plataformas licenciadas pelo SRIJ estão autorizadas a operar.

A preferência da maioria dos apostadores vai para o futebol, e são imensos os torneios e campeonatos nos quais se pode apostar. De acordo com o Diário de Notícias, o futebol é responsável por praticamente três quartos do total de apostas submetidas nas plataformas portuguesas (com um total de 74,7%). Porém, muitos outros desportos estão presentes, como o basquetebol, o ténis ou o ciclismo, mas no seu conjunto valem pelos restantes 25,3%. O basquetebol é o segundo desporto preferido dos apostadores, com 13,6% do total, e o ténis o terceiro, com 6,32%.

Jogos de casino já valem mais

Em todo o caso, e ao contrário da opinião de senso comum, os jogos de casino online estão a crescer a bom ritmo, ao ponto de terem valido mais receita acumulada para os sites que as apostas desportivas. O conjunto de slot machines, roleta, blackjack, vídeo poker, bacará e outros jogos online (à exceção do poker) valeu 108,4 milhões de receita bruta aos portais online licenciados. Já as apostas esportivas “ficaram-se” pelos 107 milhões.

O equilíbrio é evidente, mas deixa entender que a histórica afinidade dos portugueses com o futebol (que continua a ser sinónimo de apostar em desporto, como sempre foi desde o tempo do Totobola) já não é fator suficiente para levar as apostas desportivas a “competir”, em termos de preferências, com os jogos de casino.

Receita fiscal sobe também

Naturalmente, também o Estado ganha com o aumento da atividade no jogo online. O chamado Imposto Especial de Jogo Online, entregue pelos operadores à máquina tributária, cifrou-se no último trimestre do ano transato em 35,8 milhões de euros. O valor regista uma subida de uns impressionantes 67,4% em relação ao trimestre homólogo de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

A Betano dá-te um bónus de 50 % até um máximo de 50€
Abrir conta
A Betway dá-te até 100€ nos primeiros 3 depósitos
Abrir conta
A ESC Online oferece-te 10 euros para fazeres a tua primeira aposta.
Abrir conta
A bet.pt dá-te um bónus de 50% do teu primeiro depósito até um máximo de 50 €
Abrir conta
A Betclic oferece-te 20 € para apostares sem risco
Abrir conta
Se depositares 122€ tens 122€ de bónus
Abrir conta