O mun­do das apos­tas desporti­vas, em par­toc­u­lar, e do fute­bol, em ger­al, está cheia de sur­pre­sas. Mas se obser­var­mos bem as coisas, o que nós vamos ven­do ao lon­go de noven­ta min­u­tos de um jogo de fute­bol, ali­a­da à per­cepção que temos de deter­mi­na­da equipa, campe­ona­to, ou com­petição (e neste arti­go irei cen­trar-me ape­nas na Liga dos Campeões), pode faz­er-nos faz­er apos­tas certeiras com odd’s de jack­pot.

O apos­ta­dor que estiv­er mais à von­tade nas apos­tas desporti­vas, e que tiv­er uma ban­ca que lhe per­mi­ta algu­mas “brin­cadeiras”, deve em deter­mi­na­dos jogos olhar para os fac­tores todos que estão em jogo (e não ape­nas dados estatís­ti­cos), e ter um pouco de ousa­dia a apos­tar. Basi­ca­mente os fac­tores do jogo anal­isam-se através de alguns sinais dados ao lon­go dos noven­ta min­u­tos de deter­mi­na­do jogo, ali­a­dos ao fac­to de haver reais inter­ess­es económi­cos nas com­petições europeias.

Mas vamos a um exem­p­lo con­cre­to. O Barcelona fez história nes­ta edição ao vencer por 6–1 o PSG, em Camp Nou,  na segun­da mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, depois de ter per­di­do, em Paris, por 4–0.

Des­de o iní­cio que tin­ha um leve pre­sen­ti­men­to que o Barcelona era capaz da remon­ta­da. Pen­sei eu que a equipa espan­ho­la não podia sair da liga mil­ionária tão cedo (dev­i­do aos tais inter­ess­es económi­cos) e fiz o jogo todo a favor do Barcelona. Não no mer­ca­do do Match Odd’s. Mas sim no mer­ca­do da qual­i­fi­cação (a ousa­dia que é pre­ci­do, mas q.b).

Aqui estão as min­has entradas pré-live e live.

Barcelona - PSG aposta 1

Caxemiora bet

Com peque­nas stakes ven­ci as apos­tas. Mas a ousa­dia e o risco (muito!!!) esteve pre­sente durante todas as apos­tas. Só segui uma teo­ria, que bateu cer­to. O risco só foi min­i­miza­do dev­i­do aos sinais que fui ven­do ao lon­go do jogo, prin­ci­pal­mente na segun­da parte (é por isto que é impor­tante o acom­pan­hamen­to do jogo).

O adep­to mais fer­ren­ho do Barcelona é capaz de não admi­tir, mas quem acom­pan­hou o jogo Barcelona vs PSG, que deu aces­so da equipa espan­ho­la aos quar­tos-de-final da Liga dos Campeões, recon­hece que o árbi­tro teve influên­cia no jogo.

As primeiras pis­tas de que  o sen­hor Aytekin D. (fix­em bem a cara dele para próx­i­mas ocasiões), esta­va para facil­i­tar a vida do Barcelona…

Deniz Aytekin

… vier­am no primeiro penal­ty, mar­ca­do por Lionel Mes­si, e que colo­ca­va o resul­ta­do por 3–0. Luis Suarez é der­ruba­do, mas ele noti­a­mente procu­ra o con­tac­to físi­co.

Entre­tan­to, Cavani decid­iu mar­car um golo para o PSG e com­plicar as con­tas do Barcelona, e a boa von­tade do árbi­tro… que foi con­fir­ma­da no penal­ty aque colo­cou o mar­cador no 5–1. Luis Suarez (mais uma vez…) caiu soz­in­ho den­tro da área, e foi logo mar­ca­do o cas­ti­go máx­i­mo. Sem dúvi­das, nem hes­i­tação.

Eram muitas coin­cidên­cias. Para mim, nes­ta altura, já não havia dúvi­das. O Barcelona tin­ha aju­da do árbi­tro nos momen­tos mais críti­cos, e, defin­i­ti­va­mente, ninguém (poderoso) que­ria que o Barcelona fos­se elim­i­na­do da com­petição. Isto ali­a­do ao fac­to do Barcelona ser a equipa que é.

Come­cei a faz­er algu­mas entradas no over 6.5 golos que acabou por sair vito­riosa já em tem­po de com­pen­sação (é pos­sív­el que o árbi­tro desse tem­po com­pen­sação infini­to até o Barcelona mar­casse o golo da vitória.

Claro que não foi o árbi­tro que fez tudo. Mas aju­dou. Volto a repe­tir: foram mar­cadas DUAS grandes penal­i­dades que não exi­s­ti­ram.

O Barcelona depois fez o tra­bal­ho que lhe com­petia. Com a aju­da da mes­tria e genial­i­dade de Ney­mar que andou a “dormir” o jogo quase todo. Acor­dou quan­do mar­cou o ter­ceiro golo da equipa… e que golo!

https://www.youtube.com/watch?v=t3vHjc7u4yo

Ain­da mar­cou a penal­i­dade do 5–1, e depoisa assistên­cia para o sex­to golo é… fenom­e­nal.

Por falar em Ney­mar, a infor­mação, por mais ridic­u­la que seja, é impor­tante que seja tida em con­ta. O brasileiro apos­tou com os seus cole­gas que mar­ca­va dois golos, e gan­hou a apos­ta.

Con­clusão do jogo: foi uma grande vitória do Barcelona, sim sen­ho­ra, fez-se história, não há dúvi­da, foi um jogo épi­co, daque­les para con­tar­mos aos net­inhos mais tarde,  mas o árbi­tro tam­bém esteve lá para aju­dar, e apartir de um cer­to momen­to tornou-se evi­dente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here