Apon­ta­da como prin­ci­pal estrela da seleção noruegue­sa de ande­bol, a lat­er­al dire­ito Nora Mork acu­sou os jogadores da seleção mas­culi­na do seu país de lhe terem rou­ba­do e difun­di­do na inter­net ima­gens suas nas quais surge sem roupa. O ale­ga­do roubo das fotos sucedeu em novem­bro e foi rev­e­la­do nes­sa altura pela própria jogado­ra, de 26 anos, numa entre­vista a um canal tele­vi­si­vo, surgin­do ago­ra a denún­cia da jogado­ra, que acusa a própria fed­er­ação de ter encober­to o caso.

Um ver­dadeiro escân­da­lo que ‘explode’ em ple­na dis­pu­ta do Europeu por parte da seleção mas­culi­na daque­le país nórdi­co e que nat­u­ral­mente já forçou os seus respon­sáveis a uma reação públi­ca. Kåre Geir Lio, pres­i­dente da Fed­er­ação, negou algu­ma vez ter encober­to o caso, rev­e­lando ape­nas que as fotos foram envi­adas aos jogadores, que estes as apa­garam de ime­di­a­to.

Do lado dos próprios jogadores, assum­iu a defe­sa o capitão Bjarte Myrhol. “Foi muito impor­tante para mim con­tar-lhe que toda a equipa está do lado dela e que a apoia. Segu­ra­mente que esta­va em baixo e con­tin­uará a estar, mas acred­i­ta­mos ser necessário que se sai­ba que não difundi­mos as fotos nem nos rimos dela”, garan­tiu.

Nora Mork, refi­ra-se, é uma das mais bem suce­di­das jogado­ras noruegue­sas de sem­pre, acu­mu­lan­do no seu cur­rícu­lo um Campe­ona­to do Mun­do (2015), três Campe­onatos Europeus (2010, 2014 e 2016), para lá do bronze nos Jogos Olímpi­cos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here