São suspeitos de manipular resultados de jogos de ténis para beneficiar apostas online. A fraude aconteceu em pelo menos 17 torneios desportivos em Espanha e também em Portugal.

A fraude acon­te­ceu em pelo menos 17 torneios desportivos em Espan­ha e tam­bém em Por­tu­gal. O El Pais ref­ere um Open na cidade do Por­to. A rede que com­bi­na­va os resul­ta­dos antes dos jogos com os tenistas pode ter con­segui­do mais de meio mil­hão de euros com o esque­ma.

O jor­nal El Mun­do expli­ca que as apos­tas online eram sem­pre sobre resul­ta­dos de jogos e nun­ca sobre o vence­dor final de um torneio. Através de um tenista inter­mediário, com uma relação de con­fi­ança com os out­ros atle­tas, a rede pro­pon­ha um resul­ta­do e ofer­e­cia metade do lucro se perdessem um deter­mi­na­do set.Em mais do que uma ocasião, o inter­mediário enganou os jogadores, que nun­ca chegaram a rece­ber o din­heiro com­bi­na­do.

A oper­ação decor­reu em várias cidades espan­ho­las. As autori­dades fiz­er­am 34 detenções, entre elas de sete jogadores. Um deles é menor de idade. Alguns dos atle­tas impli­ca­dos estão no rank­ing dos 30 mel­hores tenistas­de Espan­ha, mas na tabela mundi­al estão abaixo do lugar 800. Os cabecil­has da rede vivi­am em Sevil­ha e na Corun­ha. Para já, as autori­dades não avançam nomes.

Notí­cia TSF

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here