Início NBA A NBA e o COVID-19. As perguntas que temos. Vamos reflectir!

A NBA e o COVID-19. As perguntas que temos. Vamos reflectir!

0
369

Eu sei que já estão fartos deste assunto, provavelmente tanto como eu. Mas o mais recente Coronavírus, o COVID-19 teve e está a ter reais impactos no mundo atual do desporto. E como não podia deixar de ser, também na NBA.

Não passaram muitos dias, desde que o primeiro caso positivo com COVID-19 apareceu. E com ele apareceram mais dois. O primeiro foi de Rudy Gobert, poste dos Utah Jazz. E o segundo foi logo a seguir o do seu colega de equipa, Donovan Mitchell. Ao que a NBA não viu outra hipótese senão suspender a sua época por tempo indeterminado, mas pelo mínimo de 30 dias.

Passaram alguns dias, e veio-se a confirmar um terceiro caso positivo. Christian Wood, que tinha defendido diretamente Rudy Gobert quatro dias antes de este ser detectado com Coronavírus, veio a público que ele mesmo também detinha o mesmo vírus.

Não bastavam estes três, como mais tarde se veio a saber que quatro jogadores dos Brooklyn Nets estão também infectados com COVID-19. Entre eles o ex MVP das Finais, Kevin Durant.

Resultado de imagem para Kevin Durant
O teste de Kevin Durant ao vírus COVID-19 deu positivo

Se já estava difícil saber se a época regular ia ainda voltar a ter lugar. Parece que a cada dia que passa, mais fácil fica responder a essa pergunta. Ainda nada foi decidido. Mas isto trouxe imensos pontos de interrogação à NBA e a todo o seu escritório.

Será que, se retomarmos a época, retomamos logo a partir dos playoffs? Se sim, como fica a classificação, dado que ainda faltavam 18 jogos para jogar? Será que se faz um mini torneio entre o 7º e o 10º para definir os últimos 2 lugares de playoffs? Será que é aqui que finalmente a NBA insere os mini-torneios de meio da época, que veio falando, e que foi muitas vezes tema de debate ao longo deste ano?

Será que continuamos com os playoffs à melhor de 7 jogos em todas as eliminatórias? Ou passamos a primeira ronda para à melhor de 5 jogos? Ou até à melhor de 3?

Em que estado físico é que estarão estes jogadores depois de 1 mês, ou possivelmente 2 meses, senão 3, sem competição. Faz-se uns jogos a feijões, como um género de pré-época, para voltarem a ganhar algum ritmo, ou mandamos os jogadores logo “aos lobos”?

Será que é justo até para outras equipas que tinham alguns problemas com lesões, voltarem passado 3 meses, e com jogadores mais recuperados? Será que outras equipas que nem estavam na discussão do titulo, podem passar a candidatos, como por exemplo os Brooklyn Nets, que podem voltar a ter Kevin Durant e Kyrie Irving em 3 meses, se assim acontecer?

E como será até a época do próximo ano? Daremos menos férias aos jogadores? Ou passamos a começar a época de NBA em Dezembro, em vez de Outubro, como tanto se vem discutindo de tempos a tempos?

Eu cá tenho as minhas sugestões. Mas isto são questões que o comissário da NBA e a sua equipa terão de responder, dada a evolução da situação. Só os próximos meses nos dirão.

Da minha parte espero que vos tenha ajudado a pensar sobre coisas que antes não davam importância, ou mesmo a abrir novos pontos de vista, e novas maneiras de olhar para certas situações.

Até um próximo artigo. Um bem-haja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sem bónus
Abrir conta
A Betano dá-te um bónus de 50 % até um máximo de 50€
Abrir conta
A Betway dá-te até 100€ nos primeiros 3 depósitos
Abrir conta
A Triptbet oferece-te um bónus de 100% até 100 €
Abrir conta
A ESC Online oferece-te 10 euros para fazeres a tua primeira aposta.
Abrir conta
A bet.pt dá-te um bónus de 50% do teu primeiro depósito até um máximo de 50 €
Abrir conta
A Betclic oferece-te 20 € para apostares sem risco
Abrir conta
Se depositares 122€ tens 122€ de bónus
Abrir conta
Bónus de 100% do teu depósito até um máximo de 100 €
Abrir conta