Utah Jazz x Portland Trail Blazers | Prognóstico

Jogo às 03.00H

Se recuperando após um início ruim de temporada, os Jazz visitam os Blazers no Moda Center.

Local do evento: Portland – Oregon

Rivais na divisão Northwest, as equipes se enfrentaram oito vezes nas duas últimas temporadas, com cada time vencendo quatro jogos e também cobrindo o handicap em quatro partidas. Cinco dos oito jogos terminaram em under.

O Moda Center possui a 8° maior média de público nessa temporada, com 19,376 expectadores por partida, 99,7% da capacidade do ginásio.

Os Jazz (15-17 W/L) venceram os Warriors por 108×103 na última quarta-feira, o time vinha de duas derrotas antes de superar Golden State, mas havia feito um jogo bastante competitivo contra os Rockets na partida anterior. A equipe é a 11° colocada na Conferência Oeste, 3,5 jogos atrás dos adversários dessa noite na classificação. Após esse jogo, o time retorna a Salt Lake City, onde receberá o Oklahoma City Thunder amanhã em back-to-back. Os Jazz tiveram a 2° tabela mais difícil da liga até o momento.

O ataque tem sido um problema para os Jazz nessa temporada e o time não esteve bem na parte ofensiva mesmo na última vitória sobre os Warriors. A equipe tenta bastante arremessos de três, mas tem tido aproveitamento de apenas 33,5% no quesito, com o time cometendo turnovers em excesso e também fazendo um trabalho ruim nos rebotes ofensivos, quesito onde a equipe tem ficado com apenas 21,8% dos rebotes na quadra de defesa adversária. Donovan Mitchell não tem tido um bom ano e apesar de ter anotado 17 pontos no último jogo, Mitchell utilizou 26 arremessos para atingir a marca, quem tem sido mais consistente para a equipe no ataque é o center Rudy Gobert, que vem com médias de: 14,5 pontos e 3,6 rebotes ofensivos por jogo, tendo aproveitamento incrível de 66,3% nos arremessos de quadra.


A defesa continua bastante forte e é o que torna os Jazz um time competitivo. Os Jazz permitem poucos arremessos da linha de três pontos, induzindo os oponentes a tentarem arremessos próximos ao garrafão, onde Rudy Gobert é um defensor de elite. O time também possui excelentes defensores em: Thabo Sefolosha, Derrick Favors, Royce O’Neale, Joe Ingles e Jae Crowder e no último jogo, os Jazz limitaram os Warriors a um aproveitamento de apenas 40% nos arremessos de quadra e 32,3% nas bolas de três.

Negociado com os Jaz no fim de novembro, o veterano Kyle Korver tem sido um bom contribuinte nos arremessos de três e teve boa atuação na vitória do time sobre os Warriors, matando quatro bolas da linha de três pontos e terminando a partida com 12 pontos anotados. Korver porém, é um defensor bastante ruim, sendo completamente dependente de sua capacidade ofensiva para fornecer valor a equipe.

Após uma sequência ruim de resultados, os Trail Blazers (18-13 W/L) voltaram a jogar bem e venceram seus últimos três jogos disputadas, derrotando: Raptor, Clippers e Grizzlies em sequência. A equipe ocupa a 5° colocação na Conferência Oeste, 3,5 jogos atrás dos líderes Denver Nuggets. Após esse jogo, o time permanece em Portland, onde receberá os Dallas Mavericks em partida no próximo domingo. Os Blazers tiveram a 4° tabela mais difícil da liga até o momento.

A equipe havia caído muito de produção ofensiva, mas aos poucos o time vem voltando a atacar com consistência e no último jogo, os Blazers saíram com aproveitamento de 46,7% nos arremessos de quadra e 42,3% nas bolas de três. Damian Lillard tem atuado em nível de MVP e lidera o time com 27,2 pontos de média por partida, com aproveitamento de 39,8% na linha de três. Jusuf Nurkic evoluiu na parte ofensiva e tem sido importante na coleta de rebotes, enquanto que CJ McCollum continua pontando com consistência.

A defesa ainda é o ponto fraco dos Blazers e tem sido abaixo da média nessa temporada. O time sofre especialmente nos arremessos de três pontos, permitindo aproveitamento de 37,3% para os oponentes no quesito, 3° pior marca da liga. A equipe tem defensores decentes em: Jusuf Nurkic, Maurice Harkless, Evan Turner e Al-Farouq Aminu, mas a rotação no perímetro é bastante deficiente na parte defensiva, com: CJ McCollum, Nik Stauskas, Seth Curry e Damian Lillard sendo péssimos defensores.


Jake Layman iniciou a temporada como titular, mas foi perdendo espaço na rotação e sequer foi utilizado nos últimos jogos. Quando está em qudra, Layman é pouco envolvido na parte ofensiva, mas o jogador já teve algumas atuações decentes nessa temporada e recentemente anotou 24 pontos jogando 26 minutos na vitória de sua equipe sobre os Phonix Suns por 108×86.

Lesões

Utah Jazz

Nenhuma lesão relatada.

Portland Trail Blazers

Nenhuma lesão relatada.

A Linha

Linha Projetada: Portlan Trail Blazers -5
Total Projetado: 217

Registros: Jazz 15-16-1 ATS e 17-15 O/U, Blazers 16-15 ATS e 16-15 O/U.

A linha foi aberta em Blazers -2 e permanece inalterada. 64% das apostas vieram no handicap dos Blazers até o momento.

O total foi aberto em 210,5 e subiu até 211,5 nas últimas horas. 68% das apostas vieram no over de pontos da partida.

Onde está o valor?

Os Jazz estão jogando bem recentemente e estão vindo de ótima vitória sobre os Warriors, mas acredito que estejam sendo superestimados no handicap nessa partida. O time ainda tem muita dificuldade na parte ofensiva e a defesa terá uma dura missão de conter um ataque que voltou a jogar bem e que tem em Damian Lillard um jogador com produção legitima de um MVP. Os Jazz também estão em uma situação pior entrando nessa partida, com o time reeditando uma série de playoffs da última temporada amanhã contra o Oklahoma City Thunder e vindo de uma boa vitória sobre os Warriors, o que tende a fazer com a equipe entre mais relaxada na partida de hoje. Em casa, onde os Blazers são 12-4 W/L nessa temporada, eu vou ficar com o time de Portland nesse jogo.

Prognóstico  Odd  Aposta na 1XBET Resultado 
Portland Trail Blazers -2 1.93

 

Bons green’s!

Sabe aqui como ter acesso aos prognósticos gratuitos CaXemira BET


CaXemirabet
caxemirabet@gmail.com | www.caxemirabet.com | Facebook

 

DEIXE UMA RESPOSTA