Há uma realidade dura de todos os apostadores: ter de lidar com a azia de perder múltiplas apenas por um jogo. As apostas desportivas é mesmo o hobbie (profissão para alguns) que mais azia provoca nas pessoas. É o pão nosso de cada dia. Todos os apostadores com alguma experiência já passaram pela experiência (ou pelo menos conhecem alguém) de perder apostas múltiplas por apenas um jogo. Ninguém está sozinho neste flagelo.

Perder é duro, perder por uma aposta provoca uma azia muito grande. Eu, por exemplo, deixei de ganhar 3 mil euros porque um jogador do Ac. Viseu que eu nem me quero lembrar o nome falhou uma grande penalidade. E perdi três múltipas porque o Omer Toprak do Bayern Leverkusen decidiu falhar um penaltie aos 90+6′ no jogo contra o Werder Bremen. É obra!

Aqui estão as minhas três múltiplas:

Leverkusen 3 Leverkusen 2 Leverkusen 1

E aqui está o resumo do jogo Leverkusen vs Werder Bremen que me fez perder as três apostas.

Leverkusen

Portanto, se estás a iniciar no mundo das apostas, vai ser normal perderes múltiplas por um jogo. Não penses que o mundo está contra ti. É mais normal do que pensas. Apenas tens de lidar com esta realidade de frente, e pensar que da próxima vez vai correr bem. E a verdade é que vai mesmo correr. Se fores rigoroso na escolha das apostas, e se não colocares muitos jogos na mesma múltipla (ou seja, não seres ganancioso), vais notar que o mercado das apostas vai acabar por te compensar.

Boas apostas,

ohomemdecaxemira

No votes yet.
Please wait...
 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorDICAS PLACARD CAXEMIRA BET #4
Próximo artigoPROGNÓSTICO FREE: Freamunde – Varzim
Sou apostador desde 2013, e sou um apaixonado por esta área. Vivo em Lisboa, sou adepto do Benfica (mas não doente), e criei projecto CaXemira Bet em 2015 para partilhar prognósticos (com principal incidência sobre o Futebol) e algum conhecimento sobre o mundo das apostas desportivas. Tento explicar aos iniciados, com uma linguagem acessível, e através de experiências próprias, algumas dicas e técnicas de sucesso.

DEIXE UMA RESPOSTA